SECOVI/DF DIVULGA NOVOS DADOS IMOBILIÁRIOS

O Boletim de Conjuntura Imobiliária divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF), referente ao mês de outubro, demonstrou que na área da construção civil o Custo Unitário Básico por metro quadrado continua a crescer.  Já o IGP-M, o IGP-DI e o INCC sofreram desaceleração passando, respectivamente, de 0,97% para 0,02%, de 0,88% para 0,31% e de 0,22% para 0,21%. 

As operações de crédito seguiram em expansão, do volume total de crédito 11,46% corresponderam ao setor habitacional que representa 5,9% do PIB.

Em relação aos imóveis residenciais, o Boletim seguiu a tendência dos meses anteriores e mostra Brasília com os maiores valores por metro quadrado tanto para aluguel quanto para comercialização. Um apartamento de 4 dormitórios na cidade custa 1 milhão e 700 mil reais.

A Asa Sul, bairro nobre da capital, apresentou os maiores valores por m² para apartamentos de um dormitório de, aproximadamente, 11 mil reais. No Lago Norte observou-se o valor mais baixo por metro quadrado, para casas em condomínios de até 850 mil reais.

Em relação aos imóveis comerciais, Brasília detém o valor mais alto do metro quadrado de salas atingindo os R$ 10.417. Já para lojas, o valor de venda do metro quadrado é mais elevado em Águas Claras. 

O presidente do Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF), Carlos Hiram Bentes David, explica que a análise dos imóveis em comercialização nas localidades pesquisadas pelo Boletim revela relativa estabilidade dos preços nos últimos seis meses.  “Em Brasília, não houve variações significativas de setembro à outubro com destaque apenas ao leve aumento de 1,8% nas quitinetes e de 1,3% nas casas de 4 dormitórios”, comenta. 

As salas comerciais para venda também mantiveram os seus preços estáveis em relação a setembro. O preço de venda de lojas em Brasília cresceu 8,7% em Outubro. No Guará, imóveis dessa categoria apresentaram elevação de 3,4% no mês e em Águas Claras não houve variações significativas.

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Projeto de revitalização do Gama é aprovado

O Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) participou, ativamente, da aprovação do projeto de revitalização do Gama no Conselho de Planejamento Territorial e Urbano…

SECOVI/DF é favorável à moradias no Setor Comercial Sul

O Projeto de Lei Complementar que autoriza o uso residencial em imóveis comerciais localizados, nas quadras de 1 a 6, do Setor Comercial Sul, foi…

SECOVI/DF distribui máscaras de proteção às empresas associadas

As empresas associadas ao Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) estão recebendo, gratuitamente, máscaras de proteção contra a Covid-19 para seus funcionários e colaboradores.…

Entrevista concedida pelo presidente do SECOVI/DF, Ovídio Maia

Entrevista concedida pelo presidente do SECOVI/DF, Ovídio Maia, ao DF Record sobre a alta dos aluguéis residenciais e a baixa no preço dos imóveis comerciais.…