SECOVI RECEBE PROPOSTA DE PLATAFORMA IMOBILIÁRIA

  • 24 de junho de 2009

O Sindicato da Habitação no Distrito Federal recebeu representantes do Banco Itaú que pretende instalar em Brasília um novo sistema de Plataforma de Negócios Imobiliários.

A gerente de negócios imobiliários do Banco Itaú, Elziane Rodrigues Pereira, informou que o banco já opera o crédito imobiliário nas agências e a partir de agora irá implantar na capital federal um sistema de plataforma imobiliária já existente em Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba.

Com o novo sistema nem a imobiliária, nem o comprador precisarão se deslocar para uma agência bancária, um consultor comercial do próprio banco fará essa intermediação.

Segundo Elziane, o novo sistema permite maior agilidade no financiamento de imóveis. “A aprovação do cadastro sai em no máximo 24 horas, a documentação é simples e desburocratizada”, afirma.

O Itaú pretende financiar até 90% do imóvel em um prazo máximo de 300 meses.

 

 

{backbutton}

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REGIÕES DO DF TÊM VALORES DIFERENCIADOS DO METRO QUADRADO PARA IMÓVEIS USADOS

O Boletim de Conjuntura Imobiliária, referente ao mês de fevereiro, divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) aponta que um apartamento de 1…

FEVEREIRO REGISTRA RECORDE DE 3.8 BILHÕES EM VENDAS DE IMÓVEIS

Em 2022, o Volume Geral de Vendas (VGV) de imóveis acumulado até o mês de fevereiro, no Distrito Federal, atingiu o valor de R$ 7,03…

SECOVI/DF CELEBRA POSSE DA NOVA DIRETORIA

O Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais do Distrito Federal (SECOVI/DF) promoveu um almoço de confraternização para…

VENDA DE IMÓVEIS EM JANEIRO DE 2022 DOBRA EM RELAÇÃO À 2021

O Volume Geral de Vendas (VGV) acumulado até o mês de janeiro, no Distrito Federal, atingiu o valor de R $3,16 bilhões, superando o mês…