SECOVI/DF informa: Carteira de Trabalho passa a ser digital no DF

  • 9 de outubro de 2015

O Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) informa a sua base que a partir deste mês, a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) passa a ser digital. O Distrito Federal é a quinta unidade da Federação a adotar o novo sistema.

A nova versão da Carteira de Trabalho possui registro biométrico. Além disso, ela permite o cruzamento de dados dos trabalhadores do território com os bancos de dados nacionais — a exemplo do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) — e com as secretarias de Trabalho dos outros estados. Com a modernização do sistema, o documento só poderá ser emitido nas 16 unidades da Agência do Trabalhador.

Para emissão da Carteira de Trabalho digital, o trabalhador deverá tirar as fotos no momento do atendimento e, por isso, não é mais obrigatório levar fotografias em formato 3 x 4. A biometria também é feita no momento da emissão. Para tanto, é preciso agendar dia e horário para ir à Agência do Trabalhador, lembrando que o Na Hora não fará mais o serviço.

A nova versão será emitida para quem for tirar pela primeira vez ou para quem necessita de segunda via. A CTPS tradicional continua a valer, sem prazo para expirar.

 

A vantagem da Carteira digital em relação à convencional é a segurança. Por causa da biometria, ela dificulta fraudes, como falsificação de registro profissional, do PIS e do seguro-desemprego.

O trabalhador poderá procurar as Agências do Trabalhador ou as Superintendências Regionais do Trabalho e Emprego, mais próximas, com exceção da Agência da Candangolândia que ainda não está realizando o serviço. O prazo para entrega da Carteira digital é de até 15 dias úteis.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REGIÕES DO DF TÊM VALORES DIFERENCIADOS DO METRO QUADRADO PARA IMÓVEIS USADOS

O Boletim de Conjuntura Imobiliária, referente ao mês de fevereiro, divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) aponta que um apartamento de 1…

FEVEREIRO REGISTRA RECORDE DE 3.8 BILHÕES EM VENDAS DE IMÓVEIS

Em 2022, o Volume Geral de Vendas (VGV) de imóveis acumulado até o mês de fevereiro, no Distrito Federal, atingiu o valor de R$ 7,03…

SECOVI/DF CELEBRA POSSE DA NOVA DIRETORIA

O Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais do Distrito Federal (SECOVI/DF) promoveu um almoço de confraternização para…

VENDA DE IMÓVEIS EM JANEIRO DE 2022 DOBRA EM RELAÇÃO À 2021

O Volume Geral de Vendas (VGV) acumulado até o mês de janeiro, no Distrito Federal, atingiu o valor de R $3,16 bilhões, superando o mês…