SECOVI/DF DIVULGA 1º BOLETIM IMOBILIÁRIO DE 2016

  • 26 de fevereiro de 2016

O 1º Boletim de Conjuntura Imobiliária de 2016 divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) traz a região de Águas Claras, mais uma vez, com a maior rentabilidade de imóveis residenciais, em todos os perfis: 0,47% para quitinetes, 0,46% para apartamentos de 1 dormitório, 0,39% e 0,36% para apartamentos de 2 e 3 quartos, respectivamente. Na rentabilidade de imóveis comerciais, Brasília se destacou com a maior rentabilidade para lojas e Águas Claras demonstrou maior rentabilidade para salas comerciais, com valores respectivos de 0,67% e 0,53%.

A pesquisa fez uma análise geral do mercado imobiliário do Distrito Federal nos últimos meses e não foi verificada grandes mudanças. De dezembro à janeiro foi identificada alta de 0,84% no valor absoluto da amostra, o que significa um acréscimo de 403 imóveis.

Brasília continua se destacando quanto aos valores de locação e venda de imóveis residenciais, as casas com 4 dormitórios na região foram encontradas por R$ 2 milhões. Já, o menor valor para esse perfil de imóvel foi registrado em Ceilândia, de R$ 375 mil. O Setor de Indústria se mantém como destaque dentre os imóveis comerciais, registrando os valores mais altos para lojas e salas de R$ 915.000 e R$ 400.000, respectivamente.

 

Os imóveis residenciais representaram a maior parte da amostra de locação, alcançando 72,9%. Vale ressaltar, um aumento da participação percentual por parte das quitinetes frente a amostra total dos imóveis residenciais, chegando a 17,65% do valor absoluto de amostras.

O valor de aluguel mediano mais elevado foi encontrado nas casas de 4 dormitórios no Lago Sul, de R$ 13.000. Porém, o perfil que obteve o menor valor foi o de quitinetes no Lago Norte, de R$ 1.000. Em relação aos aluguéis de salas comerciais, o maior valor encontrado foi de R$ 1.775, na Asa Norte e no Lago Sul. Já o menor valor foi de R$ 1.100 no Lago Norte, para a mesma categoria de imóvel. Já, o maior valor mediano do aluguel de lojas encontra-se no Lago Sul e Condomínios, de R$ 8.000. Ao passo que o menor valor, para esse tipo de imóvel, foi registrado no Sudoeste, de R$ 1.500.

Clique e baixe o Boletim

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

VENDA DE IMÓVEIS EM NOVEMBRO DE 2021 FOI 40% MAIOR DO QUE EM 2020

O Boletim de Conjuntura Imobiliária de dezembro divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) informa que segundo dados da ANOREG (Associação dos Notários…

SECOVI/DF CRIA A VICE-PRESIDÊNCIA DE LANÇAMENTOS IMOBILIÁRIOS

O Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) criou a Vice-Presidência Extraordinária de Lançamentos Imobiliários e empossou o empresário do setor, Rogerio Oliveira. De acordo…

VENDA DE IMÓVEIS SUPERA 2 BILHÕES EM OUTUBRO

O Boletim de Conjuntura Imobiliária divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) aponta que a variação do Volume Geral de Vendas, o VGV,…

Mercado Imobiliário do DF supera 15 bilhões em venda de imóveis em 2021

O Boletim de Conjuntura Imobiliária divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) informa com base nos dados do Sistema Integral de Gestão Governamental…