SECOVI/DF comemora alta do crédito habitacional

  • 30 de setembro de 2016

O Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) comemorou os recentes dados divulgados pelo Banco Central referente as operações de crédito habitacional no segmento pessoa física. Segundo o BC, as operações cresceram 0,8% em julho ante junho, totalizando R$ 520,957 bilhões. No acumulado de 12 meses, o crédito para habitação no segmento de pessoa física registrou alta de 9,3%.

Porém, de acordo com o Banco Central, a variação na oferta de crédito tem se demonstrado negativa na maioria dos setores analisados. Em julho, esse comportamento de queda foi traçado no Setor de Comércio (-2,01%), de Serviços (-1,2%), Setor Privado (-0,5%) e Indústrias (-0,75%). Os setores com variação positiva em relação a junho foram o Setor Habitacional (0,64%) e o Setor Público que passou a ter uma variação positiva de 0,20%. Vale ressaltar que o setor habitacional obteve aumento de crédito tanto sob o aspecto mensal como acumulado de 12 meses, alcançando 0,64% e 8,48%, respectivamente.

Segundo o BC, o volume de crédito do setor habitacional mostrou-se, em julho, o mais expressivo de 2016 quando comparado com o crédito total ofertado no mercado alcançando 19,05%, um crescimento de 1,12% com relação a junho.

Quanto ao volume de crédito habitacional analisado em comparação ao Produto Interno Bruto (PIB), a participação finalizou junho em 9,79%. Esse valor representa um crescimento de somente 0,01 pp com relação a junho, mesmo assim, foi a mais significativa participação desde fevereiro de 2015.

O presidente do SECOVI/DF, Hiram David, comemorou os dados que vêm trazer novo ânimo para o mercado imobiliário afetado com a crise econômica que assolou todo o país.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CLDF dará prioridade à tramitação do PPCUB

Foto: Nina Quintana O presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), deputado distrital Wellington Luiz (MDB-DF), dará prioridade à discussão…

MERCADO IMOBILIÁRIO DO DF MOVIMENTOU 17,35 BILHÕES EM 2023

O Boletim de Conjuntura Imobiliária divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) apurou que o segmento de revenda (mercado secundário) movimentou R$ 17,35…

PPCUB É APROVADO APÓS 11 ANOS DE DEBATE

O PPCUB - Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília - principal instrumento de política urbana de Brasília, tombado nas instâncias distrital e federal…

SECOVI/DF participou do lançamento do Balcão Único e da sanção da Lei de parcelamento do solo

Da esquerda para a direita: Ovídio Maia, presidente do SECOVI/DF; Marcelo Vaz, Secretário de Habitação (SEDUH) e José Aparecido - presidente…