Rio ultrapassa DF e tem m² mais caro do país em setembro

  • 5 de outubro de 2012
Valor médio do m² no Rio é de R$ 8.358, mas chega a R$ 18 mil no Leblon.

O preço do metro quadrado no Rio de Janeiro ultrapassou o do Distrito Federal e passou a ser o mais caro do país no mês de setembro, de acordo com o índice FipeZap. O preço médio dos imóveis anunciados na capital carioca foi de R$ 8.358, contra R$ 8.143 no DF e R$ 6.862 na média do país.

Nos bairros mais caros do Rio, no entanto, o preço do metro quadrado chega a R$ 18.332, no Leblon; R$ 16.984, em Ipanema; e R$ 14.795 na Lagoa. O índice FipeZap Composto mede o preço médio de apartamentos prontos em seis municípios brasileiros e no Distrito Federal com base em anúncios de apartamentos prontos da internet.

O preço médio do metro quadrado dos imóveis anunciados em setembro teve a menor alta desde setembro de 2010, segundo o FipeZap. A alta média registrada foi de 0,9%. Apenas São Paulo, Recife e Belo Horizonte registraram aumentos maiores do que no mês anterior.

Em São Paulo, o preço do m² foi de R$ 6.806. A capital paulista é a cidade que registra a maior alta nos preços, com aumento de 1,5% nos valores anunciados em setembro em relação a agosto.

Por outro lado, Salvador e o Distrito Federal registraram queda no preço médio anunciado do m² (de 0,2% e 1,7% respectivamente). No Distrito Federal, o valor médio do m² em setembro foi de R$ 8.143 e em Salvador, o mais barato do país, de R$ 3.794.

No ano, a alta media dos preços foi de 10,6%. Em doze meses, o aumento acumulado nas sete regiões pesquisadas é de 15,2%, uma desaceleração em relação à alta em 12 meses verificada há um ano, de 29,7%.

 
Fonte:  G1


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

VOLUME GERAL DE VENDAS ATÉ ABRIL DE 2022 SUPERA 2021 EM 9,5 BI

O Boletim de Conjuntura Imobiliária, referente ao mês de abril, divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF), informa que em 2022 o Volume…

REGIÕES DO DF TÊM VALORES DIFERENCIADOS DO METRO QUADRADO PARA IMÓVEIS USADOS

O Boletim de Conjuntura Imobiliária, referente ao mês de fevereiro, divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) aponta que um apartamento de 1…

FEVEREIRO REGISTRA RECORDE DE 3.8 BILHÕES EM VENDAS DE IMÓVEIS

Em 2022, o Volume Geral de Vendas (VGV) de imóveis acumulado até o mês de fevereiro, no Distrito Federal, atingiu o valor de R$ 7,03…

SECOVI/DF CELEBRA POSSE DA NOVA DIRETORIA

O Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais do Distrito Federal (SECOVI/DF) promoveu um almoço de confraternização para…