Projeto modifica legislação sobre outorga onerosa

  • 11 de dezembro de 2015

A Comissão de Assuntos Fundiários (CAF) da Câmara Legislativa do Distrito Federal aprovou o projeto de lei complementar nº 32/2015, do Executivo, que altera a legislação que trata da outorga onerosa.

A reunião contou com a participação de distritais e de representantes da construção civil, da Terracap e da secretaria de Gestão do Território e Habitação. De acordo com a justificativa da secretaria de Gestão do Território, a intenção do projeto é atualizar a legislação de acordo com as normas do Estatuto da Cidade, especialmente no que trata da Outorga Onerosa de Alteração de Uso (Onalt) e Outorga Onerosa de Direito de Construir (Odir), taxas cobradas pelo governo quando ocorre autorização para modificação do uso ou da área construída de um terreno.

A Comissão aprovou também o projeto de lei nº 697/2015, do deputado Ricardo Vale (PT), que altera a legislação sobre alienação e legitimização e ocupação de concessão real de uso de terras públicas. A proposta limita em até 15 módulos fiscais a concessão real de uso das áreas públicas do DF – a legislação atual estabelece o limite em até 30 módulos fiscais.

Segundo o autor do projeto, a diminuição do tamanho das áreas que podem ser concedidas tem o objetivo de evitar que o GDF e a Terracap “fomentem e permitam a especulação imobiliária e a concentração fundiária restringindo o acesso à terra”. Participaram da reunião os deputados Telma Rufino, Wellington Luiz (PMDB), Lira (PHS) e Prof. Reginaldo Veras (PDT).

Com informações da Coordenadoria de Comunicação Social da CLDF

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REGIÕES DO DF TÊM VALORES DIFERENCIADOS DO METRO QUADRADO PARA IMÓVEIS USADOS

O Boletim de Conjuntura Imobiliária, referente ao mês de fevereiro, divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) aponta que um apartamento de 1…

FEVEREIRO REGISTRA RECORDE DE 3.8 BILHÕES EM VENDAS DE IMÓVEIS

Em 2022, o Volume Geral de Vendas (VGV) de imóveis acumulado até o mês de fevereiro, no Distrito Federal, atingiu o valor de R$ 7,03…

SECOVI/DF CELEBRA POSSE DA NOVA DIRETORIA

O Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais do Distrito Federal (SECOVI/DF) promoveu um almoço de confraternização para…

VENDA DE IMÓVEIS EM JANEIRO DE 2022 DOBRA EM RELAÇÃO À 2021

O Volume Geral de Vendas (VGV) acumulado até o mês de janeiro, no Distrito Federal, atingiu o valor de R $3,16 bilhões, superando o mês…