Informe Jurídico: Incorporadora mantém propaganda na fachada do prédio

  • 30 de agosto de 2017

O Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) informa que um condomínio solicitou à justiça que uma incorporadora retirasse as propagandas e letreiros da fachada de um prédio. Além disso, que fosse reconhecido abuso por parte da incorporadora, como  também que fossem anuladas as cláusulas da Convenção de Condomínio que permitem tal prática.

De acordo com as cláusulas da Convenção de Condomínio, é permitido à Incorporadora e à empresa de corretagem por ela escolhida manter placas de venda na parte externa e na frente do Condomínio, assim como autorizar a permanência de corretores de plantão, mesmo após a instalação do Condomínio, enquanto houver unidades autônomas de propriedade à venda pelo prazo de 5 anos a partir da data de expedição do Auto de Conclusão.

 

Sendo assim,  não restou dúvida ao Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) em relação ao uso da fachada do prédio pela incorporadora na utilização de propagandas. O relator da ação, magistrado Fausto Moreira Diniz, concluiu que não há que se falar em nulidade das cláusulas do pacto, pois está regulamentado na convenção de condomínio e regimento interno a possibilidade de utilização da fachada pela incorporadora dando conhecimento ao público em geral de unidades à venda, nos termos da legislação vigente, artigos 1.333 e seguintes do Código Civil e Lei nº 4.591/64.

Com informações do TJGO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

VOLUME GERAL DE VENDAS ATÉ ABRIL DE 2022 SUPERA 2021 EM 9,5 BI

O Boletim de Conjuntura Imobiliária, referente ao mês de abril, divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF), informa que em 2022 o Volume…

REGIÕES DO DF TÊM VALORES DIFERENCIADOS DO METRO QUADRADO PARA IMÓVEIS USADOS

O Boletim de Conjuntura Imobiliária, referente ao mês de fevereiro, divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) aponta que um apartamento de 1…

FEVEREIRO REGISTRA RECORDE DE 3.8 BILHÕES EM VENDAS DE IMÓVEIS

Em 2022, o Volume Geral de Vendas (VGV) de imóveis acumulado até o mês de fevereiro, no Distrito Federal, atingiu o valor de R$ 7,03…

SECOVI/DF CELEBRA POSSE DA NOVA DIRETORIA

O Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais do Distrito Federal (SECOVI/DF) promoveu um almoço de confraternização para…