GARANTIAS LOCATÍCIAS SÃO ESCLARECIDAS EM ENCONTRO DO SETOR

  • 20 de novembro de 2013

O Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) em parceria com o Conselho Regional dos Corretores de Imóveis da 8ª região (CRECI/DF) realizaram um Encontro para debater o uso das garantias locatícias.

O palestrante, Jaques Bushatsky – diretor de locação do SECOVI/SP, explanou sobre as principais garantias locatícias. As modalidades previstas, são:

– caução;
– fiador;
– seguro fiança;
– cessão fiduciária;
– quotas de fundos de investimentos.

Segundo ele, essa é uma matéria que gera muita preocupação por se tratar da segurança do negócio imobiliário. Por isso, a nova Lei do Inquilinato – nº 12.112/09 –  foi criada para facilitar os futuros problemas jurídicos de alugueis atrasados e, consequentemente, ações de despejo.  “Mesmo com a nova lei, o seguro fiança continua sendo a melhor e mais segura garantia para o proprietário de imóveis”, explica Jaques.

 

Em consequência disso, o setor de seguro fiança vem crescendo muito no país. Uma das maiores seguradoras do Brasil possui  94,5% de sua carteira de seguros na parte de fiança locatícia.

Para José Carlos De Lucca Júnior, representante de seguradora, o seguro fiança traz garantias tanto para o locador como para o locatário. “Se você coloca na ponta do lápis, há uma redução de custos. Sem contar a facilidade operacional que fica toda a cargo da seguradora, economizando a mão de obra da imobiliária. Para o inquilino, acaba o constrangimento de sair em busca de um fiador”, explica.

O Encontro reuniu representantes de imobiliárias e dezenas de corretores de imóveis na sede do CRECI/DF.

O presidente do SECOVI/DF, Carlos Hiram Bentes David, encerrou a palestra alertando sobre as diversas formas utilizadas para se alugar um imóvel. “Todo o cuidado, é pouco, na hora de assinar um contrato. O aluguel garantido já fechou várias empresas em Brasília”, finalizou.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

VOLUME GERAL DE VENDAS ATÉ ABRIL DE 2022 SUPERA 2021 EM 9,5 BI

O Boletim de Conjuntura Imobiliária, referente ao mês de abril, divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF), informa que em 2022 o Volume…

REGIÕES DO DF TÊM VALORES DIFERENCIADOS DO METRO QUADRADO PARA IMÓVEIS USADOS

O Boletim de Conjuntura Imobiliária, referente ao mês de fevereiro, divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) aponta que um apartamento de 1…

FEVEREIRO REGISTRA RECORDE DE 3.8 BILHÕES EM VENDAS DE IMÓVEIS

Em 2022, o Volume Geral de Vendas (VGV) de imóveis acumulado até o mês de fevereiro, no Distrito Federal, atingiu o valor de R$ 7,03…

SECOVI/DF CELEBRA POSSE DA NOVA DIRETORIA

O Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais do Distrito Federal (SECOVI/DF) promoveu um almoço de confraternização para…