FEVEREIRO REGISTRA RECORDE DE 3.8 BILHÕES EM VENDAS DE IMÓVEIS

  • 4 de abril de 2022

Em 2022, o Volume Geral de Vendas (VGV) de imóveis acumulado até o mês de fevereiro, no Distrito Federal, atingiu o valor de R$ 7,03 bilhões, superando o acumulado de 2021 em mais de R$ 3,8 bilhões e apresentando um aumento de 119,93% no valor das vendas. De acordo com o Sindicato da Habitação do DF, SECOVI, essa variação se deve, principalmente, à redução da alíquota do ITBI de 3% para 1% a partir de janeiro de 2022. “Várias vendas foram adiadas e também compradores que estavam pesquisando decidiram fechar o negócio para se beneficiar da redução na alíquota que se encerra em março”, esclarece o presidente do Sindicato, Ovídio Maia.

Em fevereiro, o VGV atingiu um valor de R $3,86 bilhões, o que representa uma variação positiva de 21,86% em relação ao mês anterior. Em comparação ao mesmo período do ano anterior, a variação positiva foi de 141,27%.

Lançamentos

No final de fevereiro o número de imóveis novos ou em construção foi de 6.830 unidades, destaque para o Setor Noroeste com a maior quantidade de unidades em oferta (1.538 unidades). Em relação aos preços dos imóveis do segmento de lançamentos, os maiores valores são encontrados na Asa Norte com R$ 17.633/m², seguida pelo Setor Sudoeste com R$ 16.638/m², e pelo Setor Noroeste com R$ 15.477/m².

No mês analisado, a região que se destacou em relação a novos lançamentos foi Águas Claras, com 2 lançamentos no mês.

Locação

O mercado de locação também está em plena expansão. De acordo com a pesquisa divulgada pelo SECOVI/DF, o Índice de Locação para o mês de fevereiro deste ano apresentou uma variação positiva de 1,38% em relação ao mês anterior. Já a variação acumulada nos últimos 12 meses foi de 7,39%.

O Índice Secovi de Locação é um indicador agregado de variação de preços
no mercado imobiliário do Distrito Federal, calculado para os imóveis disponíveis para aluguel.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CLDF dará prioridade à tramitação do PPCUB

Foto: Nina Quintana O presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), deputado distrital Wellington Luiz (MDB-DF), dará prioridade à discussão…

MERCADO IMOBILIÁRIO DO DF MOVIMENTOU 17,35 BILHÕES EM 2023

O Boletim de Conjuntura Imobiliária divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) apurou que o segmento de revenda (mercado secundário) movimentou R$ 17,35…

PPCUB É APROVADO APÓS 11 ANOS DE DEBATE

O PPCUB - Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília - principal instrumento de política urbana de Brasília, tombado nas instâncias distrital e federal…

SECOVI/DF participou do lançamento do Balcão Único e da sanção da Lei de parcelamento do solo

Da esquerda para a direita: Ovídio Maia, presidente do SECOVI/DF; Marcelo Vaz, Secretário de Habitação (SEDUH) e José Aparecido - presidente…