De cada 100 imóveis vendidos, 41 foram devolvidos em 2015

  • 22 de janeiro de 2016

Um levantamento da agência Fitch realizado, com nove companhias, revelou que de cada 100 imóveis vendidos, 41 foram devolvidos de janeiro a setembro de 2015, isso corresponde a quase R$ 5 bilhões. Nos dois anos anteriores, menos do que 30 voltaram para as mãos das construtoras.

Os distratos, como são conhecidos, sempre existiram mas eram exceção. A restrição ao crédito devido a situação econômica agravou o problema, isso sem falar na alta taxa de desemprego, de quase 8,5% no ano passado. De lá para cá, a Selic –  taxa básica de juros da economia – passou de 7,25% para 14,25%.

Segundo a Fitch, essa alta taxa de devolução de imóveis movimenta o mercado com descontos que podem ultrapassar os 20% em algumas cidades.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REGIÕES DO DF TÊM VALORES DIFERENCIADOS DO METRO QUADRADO PARA IMÓVEIS USADOS

O Boletim de Conjuntura Imobiliária, referente ao mês de fevereiro, divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) aponta que um apartamento de 1…

FEVEREIRO REGISTRA RECORDE DE 3.8 BILHÕES EM VENDAS DE IMÓVEIS

Em 2022, o Volume Geral de Vendas (VGV) de imóveis acumulado até o mês de fevereiro, no Distrito Federal, atingiu o valor de R$ 7,03…

SECOVI/DF CELEBRA POSSE DA NOVA DIRETORIA

O Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais do Distrito Federal (SECOVI/DF) promoveu um almoço de confraternização para…

VENDA DE IMÓVEIS EM JANEIRO DE 2022 DOBRA EM RELAÇÃO À 2021

O Volume Geral de Vendas (VGV) acumulado até o mês de janeiro, no Distrito Federal, atingiu o valor de R $3,16 bilhões, superando o mês…