Corretores de Imóveis e Imobiliárias nas escrituras públicas

  • 4 de dezembro de 2015

A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) aprovou dois Projetos de Lei de interesse do setor imobiliário: o PL 558/2015, de autoria do Deputado Lira, que altera a Lei nº 4.159, de 13 de junho de 2008 e obriga os cartórios do Distrito Federal a registrarem nas escrituras públicas os dados de Corretores de Imóveis e Imobiliárias envolvidos em transações de imóveis. Os dados registrados nas escrituras deverão incluir também os respectivos números de inscrições no Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Distrito Federal (CRECI-DF).

O outro Projeto de Lei aprovado foi o nº 601/2015, de autoria do Deputado Reginaldo Veras, que dispõe sobre o direito do consumidor ter acesso a documento que motive a recusa ou restrição de crédito. As matérias seguem para sanção do Governador Rodrigo Rollemberg.

Participaram do evento, o vice-presidente do SECOVI/DF, Ovídio Maia, o presidente do CRECI/DF, Hermes Alcântara, autoridades ligadas ao setor imobiliário, além de diversos corretores de imóveis.

 

Em outubro, foi lançada a Frente Parlamentar do Mercado Imobiliário do Distrito Federal, criada com o objetivo de defender os interesses do setor propondo Projetos de Leis em prol do mercado imobiliário local.

Com informações do CRECI/DF.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REGIÕES DO DF TÊM VALORES DIFERENCIADOS DO METRO QUADRADO PARA IMÓVEIS USADOS

O Boletim de Conjuntura Imobiliária, referente ao mês de fevereiro, divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) aponta que um apartamento de 1…

FEVEREIRO REGISTRA RECORDE DE 3.8 BILHÕES EM VENDAS DE IMÓVEIS

Em 2022, o Volume Geral de Vendas (VGV) de imóveis acumulado até o mês de fevereiro, no Distrito Federal, atingiu o valor de R$ 7,03…

SECOVI/DF CELEBRA POSSE DA NOVA DIRETORIA

O Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais do Distrito Federal (SECOVI/DF) promoveu um almoço de confraternização para…

VENDA DE IMÓVEIS EM JANEIRO DE 2022 DOBRA EM RELAÇÃO À 2021

O Volume Geral de Vendas (VGV) acumulado até o mês de janeiro, no Distrito Federal, atingiu o valor de R $3,16 bilhões, superando o mês…