Carro mais barato para o Corretor

  • 6 de novembro de 2015

Após o lançamento da Frente Parlamentar do Mercado Imobiliário, o deputado Rodrigo Delmasso reuniu representantes do setor imobiliário para debater a isenção do ICMS na compra de veículos para os corretores de imóveis.

Durante o debate, ficou claro que a isenção do ICMS para aquisição de veículos novos para o corretor de imóveis não significa tratamento especial à categoria, já que o veículo automotor não é apenas um transporte convencional e de uso restrito dos profissionais que atuam na corretagem imobiliária, e sim seu instrumento de trabalho, pois é  nele que o corretor transporta clientes.

O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Distrito Federal (CRECI-DF), Hermes Alcântara, explicou que essa medida é mais uma forma de colaborar com uma categoria profissional que ajuda na realização do sonho de milhares de pessoas que desejam adquirir a casa própria. “Com o apoio do Deputado Delmasso, presidente da Frente, acreditamos que essas e outras carências do setor imobiliário do DF poderão ser resolvidas”, finalizou.

Durante a reunião, foram debatidos outros projetos de lei que irão beneficiar a sociedade e o mercado imobiliário.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REGIÕES DO DF TÊM VALORES DIFERENCIADOS DO METRO QUADRADO PARA IMÓVEIS USADOS

O Boletim de Conjuntura Imobiliária, referente ao mês de fevereiro, divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) aponta que um apartamento de 1…

FEVEREIRO REGISTRA RECORDE DE 3.8 BILHÕES EM VENDAS DE IMÓVEIS

Em 2022, o Volume Geral de Vendas (VGV) de imóveis acumulado até o mês de fevereiro, no Distrito Federal, atingiu o valor de R$ 7,03…

SECOVI/DF CELEBRA POSSE DA NOVA DIRETORIA

O Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais do Distrito Federal (SECOVI/DF) promoveu um almoço de confraternização para…

VENDA DE IMÓVEIS EM JANEIRO DE 2022 DOBRA EM RELAÇÃO À 2021

O Volume Geral de Vendas (VGV) acumulado até o mês de janeiro, no Distrito Federal, atingiu o valor de R $3,16 bilhões, superando o mês…