Brasília sediará a 7ª edição do Cmatic

  • 4 de março de 2016

Congresso abordará melhores condições de trabalho na construção civil

O investimento em segurança e saúde no trabalho se torna cada dia mais importante para a qualidade e produtividade no setor da construção. Diante da necessidade de aprimoramento dessa cultura e de um gerenciamento eficaz no controle dos riscos de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho, o Congresso Nacional sobre Condições e Meio Ambiente do Trabalho na Indústria da Construção (Cmatic) chega a sua 7ª edição. Este ano, Brasília foi escolhida, pela primeira vez, para sediar o evento, que tem como tema principal “Inovações Tecnológicas na Indústria da Construção: Construindo Novos Rumos em Segurança e Saúde no Trabalho”. 

 

Com o intuito de incentivar ações na indústria da construção que busquem garantir o trabalho saudável, seguro e digno, o evento vai reunir participantes nacionais e internacionais para apresentação de temas e experiências. Instalações elétricas temporárias nos canteiros de obras, gestão do trabalho em altura e contenção de solo para segurança nas escavações serão alguns dos tópicos abordados.

O 7º Cmatic será realizado pela Fundacentro (Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho) em parceria com o Departamento de Segurança e Saúde no Trabalho. 

O Congresso acontecerá entre os dias 12 e 15 de abril, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, e será voltado para profissionais, empresários e trabalhadores da área, além de sindicalistas e estudantes. As inscrições são gratuitas e já estão abertas.  Para mais informações, acesse o site da Fundacentro: www.fundacentro.gov.br ou ligue (61) 3535-7300.

Com informações do SINDUSCON/DF

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CLDF dará prioridade à tramitação do PPCUB

Foto: Nina Quintana O presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), deputado distrital Wellington Luiz (MDB-DF), dará prioridade à discussão…

MERCADO IMOBILIÁRIO DO DF MOVIMENTOU 17,35 BILHÕES EM 2023

O Boletim de Conjuntura Imobiliária divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) apurou que o segmento de revenda (mercado secundário) movimentou R$ 17,35…

PPCUB É APROVADO APÓS 11 ANOS DE DEBATE

O PPCUB - Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília - principal instrumento de política urbana de Brasília, tombado nas instâncias distrital e federal…

SECOVI/DF participou do lançamento do Balcão Único e da sanção da Lei de parcelamento do solo

Da esquerda para a direita: Ovídio Maia, presidente do SECOVI/DF; Marcelo Vaz, Secretário de Habitação (SEDUH) e José Aparecido - presidente…