Brasil é o México da vez, acreditam especialistas do mercado imobiliário

País tem potencial para atrair investidores estrangeiros
O excesso de dinheiro no mercado financeiro mundial deve trazer novos investidores para o
setor imobiliário, inclusive o corporativo, no Brasil. O movimento esperado é semelhante ao
boom imobiliário pelo qual o México passa desde 2005, com a expansão do crédito e entrada de investidores estrangeiros.
Aqui, há espaço até para o investimento “especulativo”: construções para empresas iniciadas
sem inquilinos certos. A avaliação é da consultoria Colliers International.
– Nós estivemos com o pessoal do fundo de pensão dos professores de Ontário e eles têm mais de US$100 bilhões para investir – diz Ricardo Betancourt, diretor da Colliers, que é canadense, no Brasil. O fundo de professores já tem 19,5% das ações com direito a voto do grupo de shopping centers Multiplan – dono, entre outros, do BarraShopping:
– Há cinco anos, as operações de compra e venda eram difíceis, pois estávamos num mercado
sem dinheiro. Agora, sobra dinheiro no mundo. O Brasil é o México de ontem – acrescenta
Betancourt.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Empresas Associadas ao SECOVI/DF terão direito à Clínica de Saúde Popular

A Fecomércio-DF divulgou, nesta semana, que daqui há 2 meses será inaugurada uma clínica de saúde com preços populares para atender as empresas da base…

LIVE – Revitalização do SCS (Dia 01/10 – 10h)

Há anos o Setor Comercial Sul (SCS) pede mais atenção de Brasília. Estamos ansiosos pela revitalização da região e queremos contribuir para que essa nova…

DADOS COMPROVAM A CONTÍNUA ALTA DO SETOR IMOBILIÁRIO

Os números do setor imobiliário divulgados pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) no Boletim de Conjuntura de setembro com amostra referente à agosto…

Projeto de revitalização do Gama é aprovado

O Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) participou, ativamente, da aprovação do projeto de revitalização do Gama no Conselho de Planejamento Territorial e Urbano…