BOLETIM IMOBILIÁRIO APONTA AQUECIMENTO DO SETOR

O Boletim de Conjuntura Imobiliária divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) analisou, no mês de outubro, 42.691 imóveis à venda e 12.222 unidades voltadas à locação. Os dados registram um recuo de 1.74%, em relação ao mês de agosto, na quantidade de unidades ofertadas.

O Índice Imobiliário Secovi-DF apresentado no Boletim reflete o comportamento geral dos preços de aluguel e de venda dos imóveis ofertados na região. Segundo a pesquisa, o Índice de Comercialização demonstrou, no mês analisado, uma variação percentual de 1,02%, em relação ao mês de setembro, acumulando um decréscimo de 0,12% desde janeiro de 2018. A variação acumulada apresentou um decréscimo maior no mês de maio em relação ao de abril, e foi diminuindo de maneira sutil até setembro, que obteve a menor variação acumulada, e novamente um aumento no mês de outubro.

Já o Índice de Locação, referente ao mês de setembro registrou 104,101 pontos, o que representa uma variação mensal positiva de 0,16%. A variação acumulada apresentou um aumento, em relação a variação do mês anterior, de 1,09%.

De acordo com o presidente do SECOVI/DF, Ovídio Maia, tanto o Índice de Locação (0,06%) quanto o Índice de Comercialização (0,36%) tiveram uma variação mensal positiva. ”Esses dados apontam um aquecimento do mercado imobiliário, devido ao maior número de unidades lançadas e vendidas em comparação com o período anterior”, afirmou.

Confira a íntegra da pesquisa

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

EMPRESÁRIO DO RAMO IMOBILIÁRIO VENHA CONHECER O SEU SINDICATO

O Sindicato da Habitação do Distrito Federal - SECOVI/DF - representa as empresas de compra e venda de imóveis, as imobiliárias, as administradoras de imóveis,…

SECOVI/MG convida para Missão Empresarial em Dubai

O Sindicato da Habitação de Minas Gerais (SECOVI/MG) convida os profissionais do mercado imobiliário e de incorporação brasileiro para uma missão empresarial nos Emirados Árabes…

Comissão de Corretagem deve ser paga mesmo sem o recebimento de sinal

A 5ª Turma Cível do TJDFT determinou que a comissão de corretagem pelo serviço de intermediação imobiliária é devida pelo vendedor que, sem justificativa plausível…

Alerta: Cuidado com as startups de venda e locação de imóveis

O Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) alerta sobre os serviços oferecidos por startups de venda e locação de imóveis, as chamadas imobiliárias virtuais.…