ÁGUAS CLARAS É A CIDADE MAIS RENTÁVEL DO DISTRITO FEDERAL

  • 25 de abril de 2014

O Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) divulgou os novos dados do setor imobiliário da região, referentes ao mês de março. De acordo com a pesquisa que analisou 34.744 imóveis, Águas Claras foi considerada a cidade mais rentável de todo o DF.

Segundo o Índice de Rentabilidade Imobiliária que mede o quanto o aluguel rende ao ano em relação ao seu preço de mercado,  Águas Claras apresentou as maiores rentabilidades  para apartamentos,  de um e dois dormitórios,  de 0,45% e 0,41%, respectivamente. Isso significa, que se um apartamento de um dormitório fosse adquirido nessa região por R$ 300 mil, seu rendimento anual seria em torno de R$ 16.200.

Já em relação às rentabilidades das salas comerciais, destaque para a cidade de Taguatinga que obteve uma alta de 0,14 p.p em relação ao mês de fevereiro, passando de 0,44% para 0,60%.

O Boletim de Conjuntura Imobiliária fez uma análise de séries históricas para as cidades com maior peso no total de imóveis e os perfis mais frequentes na amostra permitindo a identificação de um padrão nos movimentos dos preços a cada mês, para os últimos seis meses.

Ao analisar esses dados, pode-se verificar as variações de preços como referência e entender o comportamento do mercado imobiliário do Distrito Federal ao longo desse período em cada localidade analisada.

No mês de março, os valores de vendas dos imóveis residenciais apresentaram pouca variação com destaque para o aumento no preço/m2 das casas de três dormitórios.

No mercado de locação, as quitinetes em Águas Claras e Guará mantiveram a elevação nos preços em comparação ao mês anterior chegando a R$ 800. Já, Brasília apresentou um leve aumento no aluguel de apartamentos de 2 quartos de R$ 2.100.

 

Nos últimos meses, a pesquisa verificou um aumento nos preços das lojas em Brasília que puderam ser comercializadas com valores acima de R$ 600 mil.

O preço mediano por m2 para locação de lojas na capital e no Guará também apresentou aumento, chegando a valores de R$ 48 e R$ 23 por m2, respectivamente.

Em março, o valor do aluguel de salas comerciais aumentou no Guará ultrapassando os R$1.000 e em Brasília chegou a R$1.500.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CLDF dará prioridade à tramitação do PPCUB

Foto: Nina Quintana O presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), deputado distrital Wellington Luiz (MDB-DF), dará prioridade à discussão…

MERCADO IMOBILIÁRIO DO DF MOVIMENTOU 17,35 BILHÕES EM 2023

O Boletim de Conjuntura Imobiliária divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) apurou que o segmento de revenda (mercado secundário) movimentou R$ 17,35…

PPCUB É APROVADO APÓS 11 ANOS DE DEBATE

O PPCUB - Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília - principal instrumento de política urbana de Brasília, tombado nas instâncias distrital e federal…

SECOVI/DF participou do lançamento do Balcão Único e da sanção da Lei de parcelamento do solo

Da esquerda para a direita: Ovídio Maia, presidente do SECOVI/DF; Marcelo Vaz, Secretário de Habitação (SEDUH) e José Aparecido - presidente…