A Taxa Selic e o impacto no mercado imobiliário

  • 1 de dezembro de 2017

A SELIC é a taxa média de juros que o governo brasileiro paga quando realiza empréstimos tomados de instituições bancárias. A tendência é que quanto mais ela cresça mais os bancos emprestem dinheiro ao governo a fim de aumentar os seus rendimentos. 

Uma vez que ela diminui, os bancos tendem a liberar mais empréstimos direto ao consumidor, aumentando a oferta de capital disponível no mercado.

Este é um dos fatores que influenciam na retomada do setor imobiliário, além da confiança do consumidor que está crescendo perante a economia.

 

A expectativa é animadora pois a Selic foi reduzida de 8,25% para 7,5% ao ano no último mês de outubro. Estima-se que a taxa de juros tenha nova queda, chegando aos 7% ainda em dezembro, será o menor patamar desde abril de 2013. Com isso, a oferta de crédito dá os primeiros sinais para a recuperação do mercado imobiliário.

Com agências

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

VOLUME GERAL DE VENDAS ATÉ ABRIL DE 2022 SUPERA 2021 EM 9,5 BI

O Boletim de Conjuntura Imobiliária, referente ao mês de abril, divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF), informa que em 2022 o Volume…

REGIÕES DO DF TÊM VALORES DIFERENCIADOS DO METRO QUADRADO PARA IMÓVEIS USADOS

O Boletim de Conjuntura Imobiliária, referente ao mês de fevereiro, divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) aponta que um apartamento de 1…

FEVEREIRO REGISTRA RECORDE DE 3.8 BILHÕES EM VENDAS DE IMÓVEIS

Em 2022, o Volume Geral de Vendas (VGV) de imóveis acumulado até o mês de fevereiro, no Distrito Federal, atingiu o valor de R$ 7,03…

SECOVI/DF CELEBRA POSSE DA NOVA DIRETORIA

O Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais do Distrito Federal (SECOVI/DF) promoveu um almoço de confraternização para…