SECOVI/DF DIVULGA BOLETIM IMOBILIÁRIO DE ABRIL

O Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) divulga o Boletim de Conjuntura Imobiliária do mês de abril com amostra referente a março/2019. A quantidade de imóveis analisada foi de 45.584 unidades residenciais e 8.040 comerciais, o que resulta em 53.624 imóveis ofertados. Este dado representa um recuo de 4,85% em relação ao mês de fevereiro, na quantidade de imóveis disponíveis, o que representa uma recuperação, mesmo que moderada, do setor.

Em relação aos imóveis residenciais, 73,32% da amostra é composta por apartamentos (15,47% voltados para a locação e 84,53% para comercialização) e 26,68% são de casas (91,92% para comercialização e 8,08% para locação). Quanto aos imóveis comerciais, 64,63% da amostra é composta por salas comerciais (41,32% para comercialização e 58,68% para locação) e 35,37% por lojas (41,46% para comercialização e 58,54% para locação).

Em março, o Índice de Rentabilidade Comercial apresentou seus maiores valores nas categorias: loja em Taguatinga (0,70%), Águas Claras (0,64%) e sala, também, em Águas Claras de 0,60%. Os menores valores, por sua vez, foram observados nas salas do Setor de Indústria (0,36%) e em Brasília (0,46%), e nas lojas do Setor de Indústria (0,47%).

Já o Índice de Rentabilidade Residencial apresentou seus maiores valores nas categorias: 1 dormitório (0,50%) e quitinete (0,49%), e ainda nos imóveis de 3 dormitórios (0,44%), todos em Águas Claras. Os menores percentuais foram verificados nos imóveis de 3 dormitórios (0,34%) e 2 dormitórios (0,36%), ambos em Brasília, e também nos imóveis de 1 e 3 dormitórios, no Guará, de 0,36%.

De acordo com Índice Secovi, o mercado continua dando sinais de recuperação, no mês de março, o Índice Locação foi de 110,11 pontos, o que representa uma variação positiva de 1,14% em relação ao mês anterior. A variação acumulada do ano atingiu 4,67%. Já o Índice Comercialização, utilizado para imóveis à venda, foi de 129,30 pontos, representando uma variação de 0,22% quando comparado ao mês de fevereiro. A variação acumulada em 2019 foi de 1,02%.

Confira, aqui, a íntegra da pesquisa.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Conheça a nova tendência no mercado imobiliário: os iBuyers

O iBuyer é um novo modelo de negócio no mercado imobiliário que tem como objetivo trazer mais liquidez ao setor, dando fim às transações imobiliárias…

Secovi-DF alerta: cuidado com as imobiliárias virtuais

As novas startups criadas para a locação de imóveis, as chamadas “Imobiliárias Virtuais”, surgiram com um marketing criativo que parece facilitar para quem quer alugar…

Secovi-DF é favorável à flexibilização de comércio no SIG

A minuta do projeto de lei complementar que altera os usos dos lotes do Setor de Indústrias Gráficas (SIG) foi aprovada, no Conselho de Planejamento…

Secovi-DF divulga novos dados do mercado imobiliário

O Boletim de Conjuntura Imobiliária, referente ao mês de junho, divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) apresenta um recuo de 3,17%, em…