Feirão da Caixa gera R$ 735 milhões em negócios

A sexta edição do Feirão Caixa da Casa Própria, em Brasília, gerou R$ 735 milhões em negócios. O crescimento foi de 36% em relação ao ano passado, quando foram registrados quase R$ 540 milhões.
Segundo a Caixa, nos três dias cerca de 50 mil pessoas passaram pelo local do evento. Os números superaram a expectativa da Caixa para o Feirão deste ano, que era de atingir o montante de R$ 600 milhões em negócios e receber aproximadamente 40 mil pessoas.


O Sindicato da Habitação no Distrito Federal esteve presente em um estande muito bem localizado. Segundo o presidente do Sindicato, Carlos Hiram Bentes David, o Feirão foi um sucesso. Foram distribuídas mais de 1.000 cartilhas e periódicos que davam dicas aos visitantes de quando e como se contratar uma imobiliária. “O evento foi realmente espetacular, um sucesso de vendas. As taxas de juros muito competitivas atraíram os compradores que começavam a formar filas por volta das 5 da manhã”, comentou.

Construtoras, imobiliárias e incorporadoras ofereceram nesta edição mais de 18 mil imóveis com financiamento de até 100%, garantido pela Caixa. Somente pelo programa Minha Casa Minha Vida foram disponibilizados 13 mil imóveis.
Com informações da Agência Brasil

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Sindicato da Habitação do DF assina acordo com entidade dos trabalhadores para manter empregos no setor

Com o objetivo de minimizar o avanço do novo coronavírus e tentar diminuir os impactos negativos no setor, além de visar a segurança jurídica do…

Secovi-DF orienta imobiliárias sobre o retorno às atividades

O Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) alerta os empresários do setor imobiliário sobre as medidas que devem ser adotadas nessa volta ao trabalho…

GUIA PRÁTICO DO CORRETOR DE IMÓVEIS DURANTE A PANDEMIA

O Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) divulga o “Guia Prático do Corretor de Imóveis” com ferramentas e formas de ajudar a todos do…

CAIXA amplia medidas para o mercado imobiliário durante pandemia

A Caixa Econômica Federal anunciou novas medidas de proteção e estímulo ao setor imobiliário injetando cerca de R$ 43 bilhões de recursos na economia que…