SECOVI/DF ALERTA IMOBILIÁRIAS SOBRE GOLPES APLICADOS POR QUADRILHA

O Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) alerta seus representados sobre uma quadrilha acusada de aplicar golpes nas imobiliárias do DF.

Três pessoas da mesma família são procuradas pela Polícia Civil do Distrito Federal acusadas de integrarem uma quadrilha que aplica diversos golpes em imobiliárias da região. O grupo visita as empresas, especializadas em aluguel de imóveis, fingindo ter interesse nas residências. Ao pegarem as chaves, fazem cópias e depois alugam os imóveis para terceiros.

As vítimas entravam em contato com os estelionatários e, ao alugarem o imóvel, realizavam depósitos em contas previamente determinadas. A pessoa só descobria o golpe quando o responsável da imobiliária ia até o local.

A 24ª Delegacia de Polícia, do Setor O, investiga os criminosos desde o ano passado. Ao todo, cinco pessoas da mesma família participam do grupo. A Justiça já concedeu a prisão preventiva de três: André Martins Ramos, marido de Andrea Silva Lisboa, e a irmã dela, Daniela Silva.

O trio fez pelo menos 20 vítimas nas cidades de Ceilândia, Samambaia, Riacho Fundo, Taguatinga e Sobradinho.

Os cinco envolvidos foram denunciados e indiciados por estelionato e organização criminosa. André, Andréa e Daniela são indicados como os chefes do esquema. Eles têm um mandado de prisão preventiva em aberto.

Quem tiver informações sobre os suspeitos, pode denunciar para a Polícia Civil pelo telefone 197, opção 0; pelo e-mail [email protected]; ou por WhatsApp (61) 98626-1197.

As denúncias são anônimas.

Com informações do Correio Braziliense