Mercado Imobiliário do DF supera 15 bilhões em venda de imóveis em 2021

  • 10 de novembro de 2021

O Boletim de Conjuntura Imobiliária divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) informa com base nos dados do Sistema Integral de Gestão Governamental que no mês de setembro de 2021, o GDF arrecadou de ITBI que é o tributo pago pelo comprador de um imóvel para oficializar a negociação, mais de 57 milhões de reais o que representa uma variação positiva de 7,71% em relação ao valor de 53 milhões arrecadados no mesmo período do ano passado.

De acordo com a pesquisa, foram vendidos 1.723 bilhões em setembro de 2021. No terceiro trimestre de 2021 o DF bateu mais de 5 bilhões em Valor Geral de Vendas, esse resultado é superior em 35% ao terceiro trimestre de 2020 e 50% acima do mesmo período de 2019.

O Índice Secovi medido pelo boletim é um indicador agregado de variação de preços no mercado imobiliário do Distrito Federal, calculado para os imóveis destinados à venda (Índice Comercialização) e disponíveis para aluguel (Índice de Locação).

O Índice Comercialização para o mês de setembro ficou em 150,20 pontos, representando uma variação percentual positiva, em relação ao mês de agosto, de 1,271%. A variação acumulada nos últimos 12 meses, por sua vez, foi de 15%.

Já o Índice Locação do mês analisado foi de 133,18 o que representa uma variação negativa de -1,04% em relação ao mês anterior. Porém, a variação acumulada nos últimos 12 meses continua positiva, registrando 14,96%.

Em relação à rentabilidade imobiliária que indica o quanto, por meio do aluguel, o proprietário do imóvel pode obter em relação à quantidade de recursos imobilizada na propriedade.

Em setembro, o Setor de Indústria continuou se destacando, ao registrar 1,68% de rentabilidade para lojas. Águas Claras manteve sua rentabilidade do mês anterior e continua na segunda posição, na categoria loja (0,73%) e sala (0,66%).

A região de Águas Claras continuou se destacando também na rentabilidade de imóveis residenciais de 0,61%, 0,43% e 0,41% para as categorias de quitinete, 1 e 2 dormitórios, respectivamente. Para imóveis de 3 dormitórios, tanto a região do Guará quanto Águas Claras mostram rentabilidades idênticas de 0,41%.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REGIÕES DO DF TÊM VALORES DIFERENCIADOS DO METRO QUADRADO PARA IMÓVEIS USADOS

O Boletim de Conjuntura Imobiliária, referente ao mês de fevereiro, divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) aponta que um apartamento de 1…

FEVEREIRO REGISTRA RECORDE DE 3.8 BILHÕES EM VENDAS DE IMÓVEIS

Em 2022, o Volume Geral de Vendas (VGV) de imóveis acumulado até o mês de fevereiro, no Distrito Federal, atingiu o valor de R$ 7,03…

SECOVI/DF CELEBRA POSSE DA NOVA DIRETORIA

O Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais do Distrito Federal (SECOVI/DF) promoveu um almoço de confraternização para…

VENDA DE IMÓVEIS EM JANEIRO DE 2022 DOBRA EM RELAÇÃO À 2021

O Volume Geral de Vendas (VGV) acumulado até o mês de janeiro, no Distrito Federal, atingiu o valor de R $3,16 bilhões, superando o mês…