Créditos do Sistema financeiro somam R$ 1,452 trilhão

  • 5 de maio de 2010

Evolução de 1,1% mostra equilíbrio entre as carteiras com os juros “livres” e os normatizados, diz BC; volume equivale a 45% do Produto Interno Bruto
Conforme relatório do Banco Central (BC), em março o volume total das operações de crédito do sistema financeiro alcançou R$ 1,452 trilhão. A soma representa elevação de 1,1% em relação ao resultado apurado em fevereiro.

O ritmo de crescimento foi distribuído de forma equilibrada entre as carteiras formadas pelos chamados recursos livres, que operam taxas de juros diretamente pactuadas entre mutuários e instituições financeiras; e os denominados recursos direcionados, que traduzem operações efetuadas com taxas ou recursos preestabelecidos em normas governamentais, compreendendo os setores: habitacional, de infraestrutura e rural, informa o relatório.

O volume de R$ 1,452 trilhão operacionalizado em março, diz o BC, equivale a 45% do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país. O patamar evoluiu 4% em relação a março de 2009, quando apresentou percentual de 41%.

O relatório do BC informa ainda que caíram os juros dos empréstimos para pessoa física. A taxa, que era de 41,9% ao ano em fevereiro, cedeu para 41% em março, menor patamar da série histórica do BC, iniciada em 1994. Para pessoa jurídica houve alta de 0,4% – a taxa passou de 25,9% ao ano em fevereiro, para 26.3% em março.

De acordo com o relatório, a alta para pessoa jurídica “reflete o aumento dos custos de captação, associado às expectativas relacionadas ao comportamento futuro das taxas de juros”.
 
Fonte: Imóvelweb

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REGIÕES DO DF TÊM VALORES DIFERENCIADOS DO METRO QUADRADO PARA IMÓVEIS USADOS

O Boletim de Conjuntura Imobiliária, referente ao mês de fevereiro, divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) aponta que um apartamento de 1…

FEVEREIRO REGISTRA RECORDE DE 3.8 BILHÕES EM VENDAS DE IMÓVEIS

Em 2022, o Volume Geral de Vendas (VGV) de imóveis acumulado até o mês de fevereiro, no Distrito Federal, atingiu o valor de R$ 7,03…

SECOVI/DF CELEBRA POSSE DA NOVA DIRETORIA

O Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais do Distrito Federal (SECOVI/DF) promoveu um almoço de confraternização para…

VENDA DE IMÓVEIS EM JANEIRO DE 2022 DOBRA EM RELAÇÃO À 2021

O Volume Geral de Vendas (VGV) acumulado até o mês de janeiro, no Distrito Federal, atingiu o valor de R $3,16 bilhões, superando o mês…